sexta-feira, 15 de abril de 2016

Puerto Varas, Sul do Chile




Conhecer Puerto Varas é necessário para quem decide visitar a região dos Lagos e Vulcões. Aliás, hospedar-se em Puerto Varas pode ser uma boa decisão, já que a cidade tem uma boa infraestrutura hoteleira, gastronômica e de logística, além de ter uma localização central, que permite fácil mobilidade para as diversas cidades e atrações das proximidades.  

Ademais, Puerto Varas em si já é uma grande atração! Esta aconchegante cidade fica a beira do lago Llanquihue, que é onde tudo acontece. Há uma constante animação jovem nos dias quentes. O banho em águas geladas não afugenta os turistas, que também aproveitam o extenso calçadão, bom para quem curte caminhadas. As praias de água doce revelam uma vista privilegiada para os vulcões Osorno e Cabulco. Além disso, desde o primeiro Festival de Foodtrucks que aconteceu na cidade em 2014, essa modalidade gastronômica virou tendência em Puerto Varas. É ali, na beira do lago, que os traillers se instalam.  E no entorno há bons restaurantes, bares e cafeterias onde a gastronomia chilena é muito bem representada. 

Ir durante o verão é uma opção acertada para aqueles que se sentem incomodados com as temperaturas extremamente baixas. Pois a temperatura média nesta época do ano, durante o dia é quente, chegando aos trinta graus, mas a noite e pela manhã pode cair até oito graus centígrados. No inverno a temperatura média é de sete graus, podendo ser negativa nos dias mais frios. Grande parte dos programas na região é ao ar livre: passeios de barco, subidas em vulcões, banhos de lago (gelados no verão). Ficar muitas horas exposto às temperaturas baixas não é legal, principalmente para quem viaja com crianças. 

Por que hospedar-se em Puerto Varas?

  • A cidade está bem ao centro de atrações como Frutillar, Vulcão Osorno, Lago Todos Los Santos, Saltos de Petrohue, Puerto Montt, entre outras.
  • Há uma gama de bons restaurantes, cafeterias, mercados e comércio em geral na cidade.
  • É fácil andar a pé em Puerto Varas.
  • Desde Puerto Varas para as atrações na vizinhança há ônibus com boa frequência de horários. Quem opta por alugar um carro, é fácil transitar desde Puerto Varas para as cidades vizinhas. 
  • Há boas atrações na cidade.

O que fazer e aonde ir, em Puerto Varas:

  • Iglesia Sagrado Corazon de Jesus – fica na parte alta da cidade. Por isso, se for a pé prepare-se para uma longa caminhada.
  • Casa Kuschel (1915) – Prédio tombado pelo Patrimônio Histórico. No local há tortas, artesanato e artigos de decoração. O prédio tem estilo alemão, como tudo no lugar.
  • Monte Calvário - fica no centro. A vista lá de cima é muito bonita.
  • O Passeio de barco do Capitan Haase é famoso. Sai em dois horários no verão: 12h ou 19h30min, sendo este último recomendável para quem aprecia um bonito pôr do sol. O passeio dura cerca de uma hora e meia e tem preço aproximado de 8.000 pesos por pessoa (R$ 45,00 aproximadamente). Os ingressos podem ser adquiridos na Casa del Turista, no cais do lago. O barco tem um bar a bordo onde só aceitam dinheiro em espécie.
  • Museu Pablo Fierro – um museu diferente, que junta arte e arquitetura feita com ferro. O próprio dono (Pablo Fierro) pode receber seus visitantes. Não é cobrada entrada, com a opção de o turista deixar uma gratificação. Fica localizado em frente ao lago Llanquihue.
Museu Pablo Fierro

Dicas gastronômicas:

  • Donde El Gordito -  especialidade frutos do mar, gastronomia chilena. O ambiente é simples, atendimento pelos próprios donos e preços razoáveis.
  • Café El Barista - ambiente jovem e descolado. Cardápio bem variado com opções de lanches, sopas, pequenas refeições e comida saborosa.
  • Cassis - cafeteria e comidas rápidas. Destaque para os sanduíches e tortas. Ambiente bem movimentado. Fica em frente ao lago, com bonita vista.
  • Café Pellin - um café verdadeiro, que só serve café, tortas e afins. Trata-se de pequeno estabelecimento, simples e aconchegante, localizado no 239-B, da Walker Martinez, quase chegando a praia. Se você busca tranquilidade, este é o seu lugar.
Donde El Gordito: frutos do mar, cozinha chilena

Dica hoteleira: 

Nota: para quem gosta de pedalar, a região é facilitada por ciclovias.

Para saber mais sobre este roteiro, clique aqui.

Para ler todas as postagens relacionadas ao Chile, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!