terça-feira, 8 de março de 2016

Paris na área da Torre, Trocadero, Les Invalides e outros

Por: Adriana Aguiar Ribeiro

Hoje conto o epílogo da viagem a Europa que aconteceu em maio de 2014 e envolveu uma semana em Paris.

Clicando em Índice Paris, você pode acompanhar o roteiro para todos os dias na cidade Luz. A programação abaixo envolve a área no entorno da Torre Eiffel. Chegamos ao local de metrô e cobrimos toda a região a pé. Foi um dia bastante corrido. Se tivéssemos mais tempo, dedicaríamos dois dias a esta parte da cidade. Começamos visitando o Marché Rue Cler, do qual falo aqui no blog . Só essa região já toma meio dia de visita.

O Marché Rue Cler fica ao lado da Torre e acho que essa foi a parte mais proveitosa do dia. Não faço questão de ir a todos os pontos turísticos de cada lugar. É bom tentar descobrir onde os moradores gostam de ir. Quais são os pontos mais pitorescos das cidades...

Neste dia fizemos o seguinte: descemos na estação École Militar e fomos bater pernas pelo mercado (Marché Rue Cler). Aproveitando a proximidade fomos até Les Invalides, que é o local onde está o túmulo de Napoleão Bonaparte. O palácio foi construído por Luís XIV em 1670, funcionou como hospital do exército e hoje abriga museu, hospital e capela. A entrada é paga. Voltamos aos arredores do mercado e almoçamos em um dos restaurantes do entorno. Há muitos restaurantes simpáticos. Não anotei o nome do lugar onde fomos. Uma falha.

Caminhamos até a Torre Eiffel, que para variar estava cheia de turistas. Após devidas contemplações (pois a torre é sempre digna de exclamações), descansamos algum tempo no gramado, preparando o fôlego para uma longa caminhada. Não subi na torre, pois já tinha subido em 2002. E há coisa que é bom fazer uma vez na vida.
Ponte Alexandre III
Iniciamos nosso percurso de aproximadamente dois quilômetros e meio até o Museu Dorsay, que fica dentro da estação Gare Dorsay. Um pouco cansativo, mas valeu a pena pela bonita caminhada ao longo do Rio Sena.  Passamos em frente aos jardins Les Invalides e em frente a bonita ponte Alexandre III. Nos distraímos com tanta beleza que...
Museu Dorsay
...chegando ao museu, decepção, já estava fechado... Comemos mosca desta vez. Somos sempre cuidadosos com o roteiro. Estava tudo certinho, o dia e hora de funcionamento, etc. Mas com tanto que fazer pelo caminho o tempo foi passando.., E deu nisso! Mas acontece. E não dava mais para pensar em voltar no dia seguinte: estávamos já no último dia de viagem pela Europa, às vésperas de voltar para casa. E é assim! Viagens não são perfeitas. Mas em geral são maravilhosas. E se ficou faltando alguma coisa, ou muita coisa, fica o grande desejo de voltar. E em Paris vale o retorno. Pois a cidade se reinventa a cada estação!

Museu Dorsay
Funcionamento: diariamente, de 9h30min às 18h
Quinta-feira: de 9h30min às 21h45min
Fechado segundas-feiras
Preço de entrada: 12 euros adulto
Abaixo de 18 anos grátis

Clique aqui para ler sobre outras atrações de Paris.

2 comentários:

  1. Bom ler sobre Paris pois pretendo ir lá em abril.
    Muitas dicas interessantes aqui.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Marina!
    Boa época para ir a Paris, já que não estará mais tão frio e a primavera já estará dando sinais. Aproveite muito sua viagem!
    Beijos, Adriana

    ResponderExcluir

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!