sábado, 16 de janeiro de 2016

Check-list – 10 coisas importantes a fazer antes de viajar para o exterior

 Por: Adriana Aguiar Ribeiro

dicas para viajar tranquilo
Quem já foi para fora do país sabe bem que há detalhes importantes que devem ser observados antes de partir em uma viagem internacional. Por isso, o Viajando com Puny traz para você dez recomendações importantes que devem ser checadas antes de sua viagem para o exterior. 

1. Adquirir previamente os serviços a serem utilizados na viagem: tem gente que gosta de botar o pé na estrada tipo “easy rider”, ou “sem lenço nem documento”, “deixando a vida me levar”...  A ideia é fascinante, mas na prática, não funciona bem. Principalmente quando se trata de viajar para um país estrangeiro, quando surpresas nem sempre são bem-vindas. Em geral, quando se adquire os serviços em cima da hora, paga-se muito mais caro do que se previamente pesquisados, adquiridos ou reservados. Na verdade, o que no turismo chamamos de “tarifa de balcão” custa muito mais caro que as tarifas pré-contratadas. Isso vale para o balcão do hotel, para o balcão da companhia aérea e até para o balcão da locadora de veículos... Outros serviços também seguem esta regra ou, pelo menos, se contratados com uma pesquisa prévia, dá para escolher o melhor preço. Recomendo também a aquisição de um seguro de viagem, pois estando fora do seu país, isso lhe dará uma tranquilidade extra. 
no balcão é fria...
Mas se você não está nem aí em esbanjar seu dinheiro, lembre que sem reservas prévias corre o risco de não encontrar vagas em voos, hotéis, restaurantes, eventos, tours, etc. A população mundial está crescendo. E por todo o mundo encontra-se muita gente viajando. Todo mundo quer se hospedar, se transportar, comer, se divertir, etc. Por isso, se você reservar seu serviço com antecedência, não correrá o risco de ficar a “ver navios” ou na, melhor das hipóteses, plantado em uma fila. 

Exemplos de serviços que podem/devem ser contratados com antecedência: passagens aéreas, cruzeiros, hotéis, seguros, locação de carro, restaurantes, ingressos para parques, ingressos para eventos, etc;

2. Verificar com antecedência se o passaporte está válido. Se há necessidade de tirar visto(s)  e/ou tomar alguma vacina para o país de destino. Se estiver viajando com menores, verificar se é necessária autorização especial. Menores viajando com apenas um dos pais, precisam de autorização para sair do país;

3. Check-list: aproximadamente um mês antes da viagem, fazer um check-list detalhado para verificar se todos os serviços contratados (item 1) estão ok, assim como demais itens desta lista;

Adquira a moeda adequada ao país de destino
4. Adquirir moeda estrangeira ou travel Money adequado para gastar no país de destino. Explico melhor este tema em outra matéria;

5. Imprimir todos os vouchers correspondentes a sua viagem ou pelo menos tê-los em arquivos eletrônicos acessáveis desde o seu celular;

6. Liberar os cartões de crédito para uso no exterior: atualmente, por medidas de segurança, é necessário liberar o cartão de crédito para uso fora do país. Cheque também se o seu cartão é para uso internacional. 

7. Check-in: Checar se os assentos do seu voo estão marcados. Principalmente se você está acompanhado. Está cada vez mais difícil encontrar assentos vagos nos voos. Se possível fazer antecipadamente o check-in online para voos, cruzeiros, hotéis, ou o qualquer outro serviço. Isso adianta muito as coisas. 

Orçar gastos evita surpresas desagradáveis
8. Fazer um roteiro detalhado da viagem: costumo elaborar o roteiro das viagens com a maior antecedência possível. A elaboração consiste em descrever todos os dias do mês, da semana e os lugares que serão visitados. Pesquiso ao máximo detalhando o passo a passo da viagem. Quanto mais detalhado, melhor. Costuma ser muito proveitoso, pois quando se está de férias, ninguém quer perder tempo com pesquisas. É muito útil saber os preços, horários e dias das atrações como museus, restaurantes, parques, etc. Também saber como chegar e quanto custa os meios de transporte ajuda muito a programar melhor seus passeios;

Peça a alguém para cuidas das plantas
9. Fazer orçamento de despesa em viagem: não dá para viajar sem orçar o que se vai gastar. Até para saber quanto deverá levar de dinheiro. Assim você evita surpresas desagradáveis com despesas altas no retorno de sua viagem. Se você quer saber mais sobre como controlar suas despesas, encontre mais dicas no meu livro Vivendo Bem com o que você tem;

10. Agendar o pagamento de suas contas: agende o pagamento de suas contas se você estiver fora no período dos vencimentos. Se sua casa vai ficar sozinha, organize-se para saber com quem vai deixar os bichinhos, ou quem vai molhar suas plantas. 

Pense nisso tudo com antecedência!


2 comentários:

  1. Respostas
    1. Oi, Marina! Bom te ver por aqui. Meu sobrinho sugeriu que eu disponibilizasse um check-list modelo para auxiliar os leitores. Vou ver se consigo fazer. Bjs,

      Excluir

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!