quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Das vantagens de viajar de navio

Diversão para todas idades
Dá para notar pelas matérias do blog que somos adeptos das viagens de navio. Na verdade, a cada viagem planejada, pesquisamos se há alguma rota de cruzeiro interessante e com preço acessível. Pois um cruzeiro inserido no meio de uma viagem pode, muitas vezes, baratear o roteiro, além de apresentar inúmeras vantagens.

Ouço muita gente, que nunca viajou de navio, comentar que acha que se sentiria claustrofóbico ou entediado em um navio. Mas nunca ouvi alguém que tenha viajado recentemente em um cruzeiro, que diga que não gostou. Outra das objeções dos viajantes é que de navio não se conhece nada do lugar.
Por isso, nesta matéria vamos esclarecer tantos mal entendidos a respeito desta modalidade de viagem.

• Antes de tudo, de navio, se ganha tempo. Para quem trabalha e tem pouco tempo disponível de férias, os cruzeiros possibilitam conhecer vários destinos, com mais conforto, em pouco tempo.
Parque verde em plena navegação

• Os desembarques permitem ao turista conhecer bem os destinos. Para aqueles que sustentam que nas paradas de aproximadamente um dia no destino não se conhece nada, observamos o seguinte: imagine um roteiro terrestre, numa viagem para passar os três primeiros dias em um lugar. O primeiro dia será gasto com o deslocamento, com check-in no hotel e reconhecer o local com o tempo que resta. O segundo dia será livre para realmente conhecer o lugar. No terceiro dia, após o café da manhã, normalmente se faz o check-out  para iniciar a viagem para o próximo destino. De navio no primeiro dia ocorre o embarque, quando se curte a piscina, a academia e outros esportes, shows de música, Karaokê, Cassino, os espetáculos de teatro noturnos, refeições de alta qualidade ao longo do dia e muitas outras opções. Enquanto dorme, o passageiro viaja para algum destino. Com todo conforto de um hotel de categoria. No segundo dia, cedo ocorre o desembarque no ponto turístico de destino, onde o passageiro terá o dia inteiro para visitar atrações, restaurantes e conhecer a cultura local, podendo retornar ao navio a qualquer hora para um
Diversidade de restaurantes a bordo
banho, refeição ou descanso usufruindo de todo conforto. No terceiro dia, que seria o dia de arrumar malas, passar por todo o estresse de pegar um transporte para um aeroporto ou estação de ônibus ou trem, e fazer uma viagem para o próximo destino, provavelmente o navio estará atracando em outra cidade, ou pelo menos navegando com destino a outro lugar;

• Relaxamento é um fator fundamental para quem está de férias. De navio, por não ter que empacotar a bagagem, providenciar transfers e passar pelo inconveniente das longas viagens, que são feitas enquanto você dorme, o descanso é consequência.

• O cruzeiro pode ser algo realmente econômico se você souber pesquisar um bom roteiro a um bom preço. Pois o pacote do navio inclui em um só valor o transporte pelo roteiro pretendido, a hospedagem, a alimentação e o entretenimento. E, dependendo da companhia de navegação escolhida, o passageiro usufrui de atendimento de alta qualidade, gastronomia internacional e atrações musicais e espetáculos de renome;
Esportes radicais

• Alguns destinos podem ter mais de um dia de atracação. Pode acontecer de um roteiro prover mais de um dia atracado em uma cidade. Já vivenciamos esta experiência em Buenos Aires, Estocolmo, São Petersburgo... O que permitiu passeios mais extensos.

• De navio evita-se o fazer e desfazer de malas e o estresse dos transfers, enquanto se visita vários destinos;

• Em um cruzeiro se conhece gente de diversos lugares, enquanto se diverte. Para aqueles que gostam de interagir com diversas culturas, essa é uma boa chance;

• Sente-se seguro, já que as companhias cuidam bem de seus passageiros. Quando estamos longe de casa, é bom sentir-se seguro;

Vida noturna
• Os navios modernos proveem um sem fim de atividades para os passageiros, sendo impossível sentir-se entediado durante a viagem. Muitas vezes, em navios grandes, com roteiros de sete dias, não conseguimos conhecer todas as dependências ou atrações do navio;

• Como sentir-se claustrofóbico se a qualquer momento, do convés, o passageiro pode olhar para o horizonte (infinito)?

• Come-se muito bem, com culinária de todo o mundo. Alimentar-se bem durante a viagem é importante para manter a saúde do passageiro.

• Conhecer um lugar, por um dia, permite ao passageiro saber se vai querer voltar ali outras vezes. Alguns destinos são sonhados, mas com uma visita desmistifica-se o lugar. Quantas vezes imaginamos que gostaríamos de passar muitos dias em um destino, para com uma viagem de cruzeiro aprendermos que não precisaremos mais voltar ali.
Piscinas temáticas

• A tudo isso se soma a magia de chegar aos destinos pela água. Cada nascer e pôr de sol são diferentes um do outro e costuma ser sensacional curti-los no mar. Há a possibilidade de ver vida marinha, como baleias, golfinhos entre outros animais aquáticos. E também avista-se muitas aves diferentes.

• Independente de viajar em cabine interna, externa, com varanda, os servidos oferecidos para todos os passageiros costuma ser o mesmo.

Isso não quer dizer que temos que viajar de navio todas às vezes. Devemos optar pelo navio quando eles estiverem ao alcance dos nossos destinos e do nosso bolso. Pois quem gosta de viajar sabe muito bem que economia é importante. Pois só assim, conseguimos nos organizar para que sobrem recursos para viajarmos mais!

5 comentários:

  1. É isto mesmo que está descrito.
    Já viajei várias vezes e sempre me encanto.

    ResponderExcluir
  2. Quero muito fazer um cruzeiro no Caribe mas eu não consigo encontrar uma pessoa para viajar comigo pois sei que viajando só em uma cabine paga-se por dois. Você conhece algum lugar onde se possa achar pessoas para dividir acomodação de cabines de navio? Tenho um emprego muito flexível e posso viajar com bastante frequência mas a maioria das pessoa que conheço não podem. Você saberia indicar como comprar cruzeiros mais baratos? sites? Obrigada, seu blog ajuda muito. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Realmente para viajar de navio é bom ter um parceiro para dividir a cabine. Não conheço um lugar onde se encontre pessoas para partilhar cabines... Sobre comprar cruzeiros, dou preferência sempre a ir direto no site oficial da companhia de cruzeiros. Espero que você encontre com quem dividir sua viagem, assim como ache um bom roteiro por um bom preço. Desejo boas viagens e tudo de bom! Abraço, Puny

      Excluir
  3. Outra pergunta, é fácil chegar a Fort Lauderdale de Miami de ônibus? Eu sou viajante independente e se fizer esse cruzeiro sei que muitos siem de Fort e não conheço Miami e Estados Unidos não tenho muita experiência lá. Obrigada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os transportes coletivos não são muito estimulados na Flórida. A novidade é uma linha férrea que está sendo construída para um trem que ligará muitas cidades no estado. Mas ainda não está concluído. Enquanto isso, recomendo pegar um shuttle no aeroporto de Miami, para o porto de Fort Lauderdale. Já utilizei e deu certo o www.supershuttle.com .
      Obrigada pela visita! Um abraço e boa viagem!

      Excluir

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!