quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Bate e volta em Birmingham, Inglaterra


Estivemos em Birmingham, a segunda maior cidade da Inglaterra, para visitar um familiar. Foi viagem de um dia, bate e volta desde Londres. O pouco que vimos nos revelou uma cidade cosmopolita, grande, organizada e simpática. Repleta de casas geminadas construídas em tijolinho vermelho, a cidade nos despertou o interesse de conhecê-la com mais detalhe. 

Para uma próxima visita pesquisamos nossos interesses em Birmingham:

• Birmingham Back to Backs – no coração da cidade, trata-se de um conjunto de prédios históricos revitalizados e abertos ao público para visitação com objetos, móveis, roupas e artigos variados que remontam a vida industrial da cidade há aproximadamente 130 anos;

• Winterbourne House and Garden – localizada a poucos minutos do centro de Birmingham, está estabelecida em aproximadamente sete acres. A residência Winterbourne é uma atração única: com arquitetura do esplendoroso período Eduardiano (1901) a casa foi totalmente restaurada. Seu jardim, considerado uma joia, conta com mais de 6000 espécies de plantas provenientes de todo o mundo. É um lugar perfeito para o passeio, relaxamento e tranquilidade. A Ponte Japonesa de 1930 é uma das maiores atrações do local.

• Biblioteca de Birmingham – a biblioteca pública nova e moderna, considerada uma das maiores do mundo, tem um riquíssimo acervo. Dica: suba de elevador até o jardim, no topo da biblioteca, e vá descendo pelas escadas rolantes para conhecer todo o acervo.

Curiosidades: Birmingham é também conhecida como berço de algumas bandas de rock, algumas muito influentes do heavy metal como Black Sabbah, Duran Duran, Judas Priest e The Moody Blues.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!