sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Cachagüa: natureza selvagem no Chile!

Por: Adriana Aguiar Ribeiro
Nunca tinha ouvido falar sobre Cachagüa, uma cidade costeira do Chile. Até que fui convidada por amigos para um fim de semana por lá. Desde então, já retornei e recomendo este balneário maravilhoso para todos.
Não posso nem afirmar que Cachagüa seja uma cidade. Li que se trata de uma localidade de Zapallar, que pertence a comuna da província de Petrorca, com aproximadamente 6.000 habitantes. Enfim, uma localidade pequenina, agreste e adorável. A vegetação é praiana, predominando uma relva rasteira e de flores raras, para mim. Flores do frio. Delicadas e distintas. E cactos com frutos desconhecidos dos meus olhos tropicais. O mar é puro Pacífico. De um azul escuro com ondas agitadas. As escarpas terminam em Zapallar, onde se abre uma faixa de 5 km de praia. A arquitetura local é caracterizada pelas casas de alvenaria, interior aquecido por lareiras e os telhados de sapê bem amarrado. Muitas voltadas para o mar. O povo é receptivo. Gostam dos estrangeiros.
No primeiro inverno que visitei a cidade, a praia estava coberta de pedrinhas. Ao voltar na primavera, inacreditavelmente encontrei uma praia de areia. Em frente à praia, em uma proximidade de poucos metros, há uma ilha, “la isla de los pingüinos”,  que na primeira vez que visitei estava repleta de famílias de pinguins. Uma grande festa!
Para chegar a Cachagüa pode-se vir direto de Santiago (183 km de distância), mas recomendo que você percorra a estrada costeira, vindo por Viña Del Mar (64 km desde Viña), onde se percorre o litoral repleto de gaivotas, pelicanos e com sorte, leões marinhos. Paisagem deslumbrante!

Leia sobre diversos outros destinos no Chile clicando aqui.

2 comentários:

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!