segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Quinze dicas para Los Angeles, Califórnia


Gostaria de fazer um post bem completo para Los Angeles, já que vivi na cidade por seis meses. Mas isso foi há mais de vinte e cinco anos e as coisas mudaram. Mas não creio que tanto! Estive lá há catorze anos (preciso voltar) e tudo continuava na mesma. Acho que L.A. (elei – é assim que chamamos na intimidade) já tinha crescido tanto que não tem muito mais para onde crescer.
Por hoje, posto aqui mais impressões do que informações turísticas:
Pedalando pelo Pier de Santa Mônica

1 – Em 1989 L.A. já tinha uma consciência ambiental, referente ao descarte de lixo, bem avançada. No supermercado a pergunta do caixa era “paper or plastic”, referindo-se as embalagens. Guardávamos as embalagens vazias de garrafas pet e latinhas para colocar no coletor localizado nos supermercados. De volta recebíamos alguns cents como recompensa. Sobre os supermercados, são uma fonte de informações. Para quem quer comprar carro, alugar casas e apartamentos, ou se informar sobre outros serviços, fique atento as caixinhas com revistas informativas. São grátis! É só abrir e pegar. Frequentava o Vons, mas existe uma gama de outros mercados.
2 – Minhas lojas de departamento, na ordem de preferência: Target, Wal-mart, Best Buy e K-mart.

3 – Vivi em Mar Vista, entre a Venice Boulevard e a Washington Boulevard. Estudei na Venice High School. Uma região tranquila, na época. Não sei como está hoje.

4 – Venice Beach é uma área para turistas verem tudo que pode acontecer de diferente. Um lugar surreal! Mas a noite não é recomendável. Hollywood idem. Bom para andar de dia.
Free-ways

5 – Dá para andar de ônibus pela cidade. Mas de carro, você ganha muito mais tempo.

6 – Santa Mônica é, de longe, a área mais simpática da região. Por isso, visitar o píer de Santa Mônica e o centrinho com suas lojas, restaurantes e cinema é um passeio imperdível. Curiosamente, Santa Mônica não é mais L.A. É um distrito com vida própria, como prefeitura, polícia, etc. Se você passar em frente ao City Hall, pelo horário do jantar, vai ver uma fila de homelesses aguardando o jantar. Dizem que a comida ali é boa!

7 – Tirar uma parte do dia para passear na Marina Del Rey, pode ser um programa muito legal. São milhares de barcos ancorados. Gente que vive ali mesmo, sobre as águas. Ir de bike é uma boa opção para percorrer toda a marina.

8 – Aliás, alugar uma bike em L.A. é uma ótima ideia, já que a cidade é serpenteada por quilômetros (milhas) de “bike lanes”. Inclusive na beira da praia, onde são mais de quarenta quilômetros de pistas à beira mar. Uma delícia!
Frio em Santa Mônica

9 – Comer em L.A. pode ser uma experiência fantástica. Por isso, não fique refém dos fast-foods.Gosto muito da rede Souplantation & Sweet Tomatoes que tem uma variedade de restaurantes em L.A. Mas fique de olho em lugares não convencionais, com cara de comida boa. Come-se bem comida oriental, árabe, francesa, italiana, japonesa, americana, entre várias opções... Meu objetivo gastronômico para minha próxima viagem a L.A. é o  The Castway, com buffet para brunch por U$28.00 por pessoa. A comida é muito bem recomendada com uma grande variedade de carnes e frutos do mar. O lugar tem uma vista linda e não fica muito longe de Santa Mônica (ver Google maps). Fora isso, tem as diversas comidas de rede que podem ajudar no cardápio do dia a dia: Denny’s, Wendy, Waffle House, International House of Pancakes (IHOP), Taco Bell, Krispy & Kream (melhores donut’s), Sbarro (boa massa), Red Lobster, etc. Por favor, não vá ao Mc Donald’s. Burger King até que é legal! Outra opção é comprar no supermercado – com uma gama infinita de artigos – e preparar em casa ou no hotel.

10 – Se você vai a L.A. por mais tempo, por que não ir a Disneyland (primeiro parque da Disney) ou ao Universal Studios, ou Magic Mountain, para quem quer um pouco mais de adrenalina?!

11 – L.A. é um lugar de celebridades, por isso, não se assuste se parar no sinal ao lado de um conversível com o Robert De Niro ao volante... Ou ver um set de filmagens em algum lugar do seu percurso.
12 – Beverly Hills com suas mansões, Hollywood com a calçada da fama e ali por perto o museu do Rancho La Brea (George C. Page Museum) com os seus dinossauros. Westwood, onde fica a UCLA, é um bairro bastante agradável de visitar.

13 – Atenção: como em qualquer grande cidade, L.A. também está sujeita a violência, assaltos e crimes. Por isso, ande sempre de olhos abertos. Nós, turistas estrangeiros, somos sempre mais visados.

14 – Para percorrer grandes distâncias não hesite em pegar uma freeway.

15 – Maibu Beach e Malibu Canyon valem a visita. Big Bear Mountain (para ver neve no inverno) também. Estando na California, não deixe de ir a São Francisco, Carmel e Monterey. Se sobrar tempo, vá a Long Beach, Palm Springs, Santa Bárbara e São Diego também.
No mais, bom mesmo é descobrir um lugar através do próprio olhar. Por isso, desejo a você uma boa viagem. E espero que traga mais dicas sobre a Califórnia, para enriquecer este post e passar novas experiências para os leitores do Viajando com Puny!
 

Um comentário:

  1. Legal! Agora posso começar a me animar para este tour.
    As fotos estão ótimas! Adorei.
    Beijos

    ResponderExcluir

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!