sexta-feira, 24 de agosto de 2012

A Barcelona de Gaudí


Postar Madri e não revelar Barcelona logo em seguida, foi uma falha. Atendendo ao pedido de uma leitora, reporto-me a cidade de Antoni Gaudí, que emprestou o modernismo catalão a arquitetura de Barcelona. 
Barcelona é uma cidade fácil de se gostar.

O que mais gosto na cidade...




Barceloneta
• Gastar algumas horas curtindo Barceloneta. Seja em dia de praia quente, ou em dia mais fresco, só para apreciar o mar do Mediterrâneo e seus típicos frequentadores.
Barceloneta foi completamente revitalizada para os jogos Olímpicos de 1992, quando a antiga área portuária foi transformada em um incrível bairro repleto de palmeiras, com calçadões extensos e uma praia com areia e águas limpas. É comum o topless em Barceloneta. Para todas as idades sem restrições. Desde a mais tenra juventude, até a idade mais avançada das senhoras.
• Andar a toa por La Rambla, apreciando os shows ao ar livre, e pelas ruas estreitas da Ciudad Vieja (barrio Gótic) um bairro verdadeiramente medieval, com seu comércio variado, é um programa muito prazeroso.


Sagrada família: obra eterna
Atrações turísticas:

As principais atrações turísticas de Barcelona levam sempre ao arquiteto Gaudí. Por isso, enumero abaixo, primeiro as obras do artista:

 Catedral Sagrada Família: um catalão extremamente nacionalista e católico, Gaudí planejou a Sagrada Família como sua mais profunda expressão de religiosidade. A complexidade da obra é fruto da obcessão de Gaudí em fazer uma catedral magnífica. O artista morreu em 1926 e até hoje a Sagrada Família está em construção. Visitantes podem constatar a obra em andamento. O acesso à nave e ao elevador, para a torre da Catedral, é pago. Metrô: Sagrada Família.
Curiosidade: na praça em frente à Catedral existe um espaço cercado onde os donos podem soltar seus cães para se divertirem. Permitido o acesso de cachorros e donos de graça.
• Parque Güell: localizado numa área fora do centro da cidade – dá para ir de metrô, mas tem que fazer uma caminhada de uns 15 minutos mais - , o parque é uma forma de entrar em outra órbita. A órbita psicodélica de Gaudí, expressa através do colorido e ondulado dado aos mosaicos do artista. A princípio, tendo entrado pelos fundos, a impressão que tive do parque foi de mais uma área verde conservada para uso da população e com uma vista estupenda da cidade. Mas aos poucos fui sendo surpreendida e o ponto máximo foi descobrir que o parque terminava em um gigantesco terraço, sobre pilares cobertos por mosaicos. Sem comentários!
• Casa Battló: descendo na parada de metrô Passeig de Gràcia, você poderá contemplar esta casa que é a máxima representação do estilo arquitetônico de Gaudí.
Outras atrações imperdíveis:

• Plaza de España: onde fica localizado o Museu de Artes da Catalunha. A Plaza de España em si, pela grandiosidade de suas colunas e construções, merece uma visita. Faz parte do cartão postal de Barcelona. Direção: Plaza Catalunya.
• Catedral de Barcelona: a catedral gótica de Barcelona, localizada no Bairro Gótico, é grandiosa com um interior impactante. No intuito de impor respeito e medo aos fiéis, a Igreja Católica da Idade Média construiu seus templos altos, grandes e escuros.

Gastronomia: vinhos, tapas – porções típicas preparadas utilizando ingredientes da cozinha mediterrânea -, azeites, peixes e frutos do mar, pão com tomate, hum, dá água na boca só de pensar! Em Barcelona também é típico as refeições serem antecedidas pela cesta de pão, água ou vinho. Perceba que os pães, feitos com trigo puro, são maravilhosos.

Compras: Ir a Barcelona e não trazer um souvenir que reporte a Gaudí é como se você não tivesse ido lá. Por isso, não deixe de trazer um postal ou qualquer outra lembrança que reporte ao artista, pois emprestará a decoração de sua casa uma lembrança eterna de Barcelona.
E mais uma vez, não se esqueça das lojas de El Corte Inglés.

Chegando lá: Se o seu roteiro inclui Madri, sugiro que você viaje para Barcelona no trem bala, pela RENFE, que é um jeito bastante rápido e confortável para se chegar à cidade. E, dependendo da época do ano, as paisagens salpicadas de neve no caminho, surpreendem quem viaja pela Espanha.  Mas tanto faz se você chegar lá de trem ou de avião. O importante é que você chegue lá. Pois Barcelona recompensa seu visitante, tanto pelo povo, pelo idioma catalão – que só é falado na região da Catalunha - e pela fantástica gastronomia regional.

Hospedagem: hospedar-se no centro de Barcelona é o ideal. Mas se preferir um hotel de bandeira, mais espaçoso, existe a opção de ficar em Vila de Cans, a 20 minutos de ônibus do centro, em hotéis da rede Accor.

Você pode se interessar também por conhecer informações acerca da cidade de Madri e roteiro para Portugal e Espanha.

12 comentários:

  1. Q lindo! Ótimas dicas.

    ResponderExcluir
  2. Tão bom recordar nossa viagem!!!! Adorei, beijinhos!!! Lia

    ResponderExcluir
  3. Oi Adriana! Chegaremos, eu e Osório, em Barcelona no próximo dia 06/09. Estou ansiosa por conhecer essa cidade! Todos falam maravilhas do local! Após, seguiremos para Londres e Paris. Bjs e obrigada pelas belas explicações sobre os pontos turísticos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aglaia! Que boa notícia! Sorte sua poder estar por Barcelona no próximo mês. Com certeza será maravilhoso! Aproveitem muito também Paris e Londres. Em Londres, minha vista preferida é Tower Bridge. Em Paris, difícil eleger! Beijos e boa viagem para vocês!

      Excluir
  4. Maria Teresa Aguiar escreveu: Realmente esta cidade é apaixonante e vc tocou muito bem na riqueza da arquitetura, no belo natural dos pontos turísticos e na importante cultura espanhola. Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Mandou bem, Adriana! Grande beijo, Flávio Boechat

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente este castelo é lindo! Está na matéria de Segóvia!! Bjs,

      Excluir
  7. Gostei de sua matéria Puny! eu já estive em Barcelona durante o verão europeu deste ano e é como todos falam: Barcelona é perfeita! Tem de tudo na cidade de praias a vida noturna. Eu estava fazendo um intercâmbio durante um curso de espanhol em Barcelona onde fiz pela escola de idiomas Sprachcaffe Languages Plus e não tenho do que reclamar. Da escola à cidade tudo foi incrivelmente perfeito e um dia volto outra vez. Passo a dica do site da escola p vcs.

    http://www.sprachcaffe.com/portuguese/study_abroad/language_schools/barcelona/main.htm

    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelos seus comentários e a dica do curso. Peço desculpas por não responder o comentário em tempo. Não sei porque não vi. Um abraço!

      Excluir
  8. Observação da autora: em visita a Barcelona este ano, verificamos que foi extinto o espaço para cães, na praça. No lugar há muito verde, com destaque para as roseiras. Em flor!!! Constatamos que a obra da Sagrada Família progrediu muito. Cada Vez mais impressionante!

    ResponderExcluir

O que você achou desta matéria? Compartilhe aqui sua experiência com outros leitores!